De volta à cova dos leões

(A Vatican two euro commemorative coin, December 16, 2004. REUTERS/Tony Gentile))

Três anos – Três eventos.

É só acompanhar o noticiário para ouvir o rugido dos leões. A cova não está longe.

União homossexual

17 de fevereiro de 2010 – Catholic Charities de Washington, D.C. anuncia que vai fechar seus centros de adoção e em 29 de dezembro de 2011 – Catholic Charities do Estado de Illinois anuncia que vai fechar seus centros de adoção. Eles preferem deixar de receber ajuda do governo federal do que se curvar à lei que obriga essas instituições a ir contra a sua crença entregando crianças para serem adotadas por casais de homossexuais.

Antes de continuar, é preciso esclarecer que existem outros centros de adoção que não são administrados por instituições católicas que oferecem esse tipo de serviço.

Seguro Saúde

01 de agosto de 2011 – Bispos americanos denunciam novo programa do governo que obriga as instituições religiosas a oferecer e pagar por “tratamentos médicos” (pilula anticoncepcional, aborto, esterilização…) contrários a crença católica. A pena para quem não cumprir a lei é de multas e impostos severos.

20 de janeiro de 2012 – Como o governo não arreda o pé, os bispos reagem dizendo que não vão obedecer uma lei injusta.

10 de fevereiro de 2012 – O governo diz que vai pensar no caso, mas nada será alterado antes das eleições. Bispos reiteram seu compromisso de lutar contra essa lei injusta que fere a liberdade de religião e de consciência.

12 de março de 2012 – Dois pesos, duas medidas? O povo Amish está isento de cumprir essa lei, mas o povo Católico não!!!

Lavagem de dinheiro

08 de março de 2012 – Não vou dizer que esse é o último ataque, mas sim o mais recente. O governo americano coloca o Vaticano na lista de instituições suspeitas de lavagem de dinheiro e portanto todas as transações internacionais entre o Vaticano e os EUA passarão a ser monitoradas pelo governo federal.

Sério?

O que está por trás de tudo isso? O que se observa de imediato é que essas novas leis e regulamentações dificultam a capacidade financeira da Igreja Católica de agir no mundo secular, empurrando, isolando sua influência ao púlpito paroquial. Atacam o bolso para calar a boca. Doce ilusão… a pedras falarão.

Parece que foi declara aberta novamente a estação de caça…. mas tudo bem, estamos acostumados à cova dos leões.

Saiba mais: Seis coisas que todo mundo devia saber sobre o mandado HHS

Anúncios

Uma resposta em “De volta à cova dos leões

  1. Pingback: Lætare « Vida sim, aborto não!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s